Existe uma região sensível no seu rosto – e tocar nela pode ser mortal!



Com o surgimento de tantas técnicas, tratamentos e produtos de beleza, as pessoas tem cada vez cuidado mais da sua aparência.

Um exemplo disso é a depilação, que tem o objetivo de remover os pêlos indesejados do corpo.

Você já removeu alguma vez os pequenos pêlos do nariz? Por mais que esses pelinhos possam te incomodar, eles desempenham um papel importante na sua saúde.

Hoje vamos te explicar porque não é uma boa ideia arrancar esses pêlos do nariz.

Existem dois tipos de pêlos no nariz e que são importantes: aqueles que são visíveis e geralmente queremos arrancar do nariz, e outros pêlos extremamente pequenos chamados de vibrissa, responsáveis por filtrar o muco e movê-lo para a parte de trás do nariz.

Esses pêlos localizados próximos da parte frontal do nariz, filtram também grandes partículas de poeira que poderiam ser inaladas.


Se você por alguma razão arrancar esses pêlos, germes e partículas que estão próximos desses folículos podem ter caminho livre para entrar no organismo e causar uma infecção.

Um outro problema é devido as veias que irrigam o sangue para o nariz, e que se encontram com as veias que transportam o sangue para o cérebro.

Se esses germes conseguirem alcançá-las, problemas mais sérios podem surgir, como a meningite ou um abscesso cerebral.

Devido a essa susceptibilidade a infecções, a região que compreende o nariz até a boca é conhecida como “triângulo do perigo”.

Apesar de raros, esses quadros infecciosos podem ser bastante graves, principalmente para pessoas com um sistema imune deficiente. Além disso, certas infecções podem levar a morte, dependendo da sua severidade.

Mas não se preocupe, a solução é simples: ao invés de arrancar esses pêlos que te incomodam, considere apará-los, tomando cuidado para não agredir a pele dentro da cavidade nasal.



Comentar

one + fourteen =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.